Buscar

É câncer? pergunte!


Diante do diagnóstico de um câncer, sim, o mundo desaba.


São muitas informações novas e que requerem decisões e atitudes rápidas. Em alguns momentos, não há muito tempo para pensar e assimilar tudo que está acontecendo, não é mesmo?


O tratamento não pode ser adiado e precisa começar! Mas, as dúvidas são muitas e quando você passar em consulta com seu médico, provavelmente irá receber uma enorme quantidade de informações.


Pensando nisso, elaboramos uma série de perguntas que poderão ajudá-lo(a) a entender melhor seu diagnóstico e o que esperar daqui para frente.

Vamos lá?


Escolhendo o médico

  • Qual a sua experiência com o meu tipo de câncer?

  • Se necessário, você tem colegas com quem possa consultar?

  • Como você se mantém atualizado sobre as novidades médicas?

  • Qual é a melhor forma de contato com você ou com sua equipe entre as consultas, se eu tiver uma dúvida? Por telefone? Por e-mail?

Sobre o diagnóstico

  • Que tipo de câncer que eu tenho?

  • A minha doença é muito séria?

  • É necessária a realização de exames adicionais ou biópsias?

  • Eu devo mudar meu estilo de vida?

  • Devo contar aos meus familiares e amigos que tenho câncer? Como posso dizer isso à eles?

  • O que é sobrevida e quais são as minhas chances?

  • Preciso de um especialista (ou mais de um) para tratar minha doença?

  • Você pode indicar outro médico para me dar uma segunda opinião sobre o melhor tratamento no meu caso?

Sobre o laudo de anatomia patológica

  • O que é um laudo de patologia?

  • Você pode explicar o meu laudo?

  • Como o tecido para a estudo é obtido?

  • Como é feito o estudo do tecido após a biópsia ou cirurgia? O que é uma biopsia de congelação?

  • Qual o tempo de espera entre a obtenção da amostra até que o laudo anatomopatológico fica pronto?

  • O que o laudo de anatomopatológico menciona sobre as características físicas e químicas do tecido?

  • Quais informações sobre genética poderiam ser incluídas no laudo anatomopatológico?

Sobre o estadiamento e prognóstico

  • Qual é o estadiamento da minha doença? O que isso significa?

  • É possível que o câncer tenha se disseminado para outras partes do meu corpo?

  • Quais são os parâmetros comuns do estadiamento?

  • O que significa o sistema de estadiamento TNM?

  • Todos os cânceres são estadiados pelo sistema TNM?

  • Que tipos de exames são realizados ​​para determinar o estadiamento da doença?

  • O que é reestadiamento da doença?

  • Onde posso encontrar mais informações sobre o estadiamento do meu tipo de câncer?

  • Quais os fatores que podem afetar o meu prognóstico?

  • Quais as estatísticas de sobrevida sobre o meu tipo de câncer?

Estabelecer uma boa comunicação com o seu médico e com a equipe que cuida de você é essencial para um bom resultado do seu tratamento. Mas nós também sabemos que, as vezes, não nos sentimos no direito de questiona-los. Por isso, é muito importante que saiba: É da SUA vida que vocês estão falando. Ao se tornar um paciente ativo na determinação junto com seu médico do melhor para o seu caso, você se sentirá mais tranquilo, participativo e confiante diante do seu tratamento.


O importante é não ficar com dúvidas!

0 comentário