Buscar

Conheça o conjunto de hábitos que ajudam a manter a saúde e prevenir o câncer



Ainda não existe certeza de cura para o câncer. O sucesso do tratamento geralmente varia de acordo com as condições de saúde geral do paciente, do órgão afetado e, sobretudo, do momento em que a doença é diagnosticada. Por isso, é fundamental estar sempre atento a esses fatores.

Como já falamos, não há uma causa definida para o desenvolvimento dessa doença. Esta é a razão pela qual tantas pessoas se preocupam em adotar um conjunto de hábitos que ajudam a manter a saúde e prevenir o câncer. É sobre isso que vamos tratar neste artigo. Siga conosco!



Como os hábitos ajudam a prevenir o câncer?


O desenvolvimento do câncer está intimamente ligado ao estilo de vida. De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), até 90% dos casos podem ter sido desencadeados por fatores externos. Isso significa que apenas 1 em cada 10 pessoas desenvolvem a doença por predisposição genética, por exemplo.

Diante disso, fica mais fácil perceber o grau de influência dos nossos hábitos diários na proteção ou no aumento do risco da doença. Assim, criar uma rotina de autocuidado, com mudanças simples no estilo de vida, alimentação e comportamentos, pode ser decisivo para manter a saúde e prevenir o câncer.



Qual a relação entre alimentação e câncer?


O corpo bem nutrido é mais forte para lutar contra agentes externos que possam ameaçar a saúde, como os vírus e as bactérias. No entanto, a relação entre alimentação e câncer é mais complexa, construída a longo prazo.


Alimentos ultra processados

Muitos dos hábitos alimentares modernos são pautados em dietas com alimentos ultraprocessados. Grande parte deles traz, em sua composição, substâncias reconhecidas como cancerígenas pela OMS (Organização Mundial da Saúde). É o caso do 4-metil-imidazol, presente nos refrigerantes, e do aspartame, que integra os adoçantes dietéticos.


Excesso de gordura

Já há estudos mostrando os danos do excesso de gordura e das carnes vermelhas para a saúde. Neste caso, o problema se dá pelo acúmulo de radicais livres, entre outras toxinas capazes de sobrecarregar o organismo, deixando-o mais frágil.

Açúcar

Apesar de não ter sido comprovada uma relação direta entre o consumo de açúcar e o câncer, sabe-se que, quando há consumo excessivo de açúcares, o organismo libera mais insulina. Em índices acima do normal, a insulina leva ao aumento da citocina pró-inflamatória, que pode estar relacionada com o desenvolvimento de alguns tipos de câncer.

Além disso, a alimentação desequilibrada leva à obesidade. E, de acordo com o INCA, a condição está ligada ao desenvolvimento de pelo menos 13 tipos de câncer.


Quais os hábitos mais nocivos na manutenção da saúde?


Descuidar-se da nutrição é um dos pontos mais prejudiciais à manutenção da saúde. Mas há, ainda, outros hábitos que podem ser extremamente nocivos tanto para manter a saúde em dia quanto para aumentar o risco para doenças como o câncer.

A seguir, elencamos os principais deles:

  • tabagismo;

  • consumo excessivo de bebidas alcoólicas;

  • dieta rica em alimentos processados;

  • obesidade;

  • sedentarismo e/ou

  • exposição a substâncias potencialmente cancerígenas.


Há um conjunto de hábitos preventivos contra o câncer?


Diante dessa lista de fatores que aumentam o risco do surgimento do câncer, é provável que você esteja pensando em medidas que pode tomar hoje mesmo para prevenir a doença.


Especialistas e autoridades de saúde já tem consenso sobre a importância do estilo de vida saudável para se manter livre não apenas do câncer, mas de outras doenças agudas e crônicas.

Nossa recomendação para começar uma nova rotina é adotar medidas simples e gradativas. Neste sentido, você pode:


Perder excesso de peso


Se está com sobrepeso, é hora de procurar um endocrinologista. Ele vai avaliar suas condições de saúde, pedir exames para saber como estão seus níveis hormonais e encontrar a melhor alternativa para reverter essa situação.


Mudar a alimentação


Isso é importante independentemente do seu peso. Muitas pessoas estão dentro do peso ideal, mas não têm uma dieta equilibrada e nutritiva. Que tal se consultar com um nutrólogo ou nutricionista? Juntos, vocês poderão definir um cardápio com todos os nutrientes necessários para manter a saúde e prevenir o câncer.


Abandonar o cigarro


O tabagismo é o principal fator de risco para o desenvolvimento do câncer, sobretudo o de pulmão, boca, faringe e esôfago. Cada cigarro pode conter mais de 4 mil substâncias químicas nocivas à sua saúde. Se tem dificuldade em deixar o vício, é possível buscar ajuda. O SUS (Sistema Único de Saúde) mantém um programa nacional de controle do tabagismo.


Sair do sedentarismo


Encontre atividades que te deixem motivado como dança, um esporte coletivo ou mesmo uma prática mais introspectiva, como a caminhada ou a ioga. O importante é colocar-se em movimento! Há uma forte relação entre o sedentarismo e o câncer e é importante quebrar esse ciclo. Se sentir necessidade, considere buscar ajuda de um terapeuta.


Evite exposição a agentes nocivos


Sempre que puder, mantenha-se longe desses fatores. Sejam os raios UV, que estão entre os principais fatores de risco para o câncer de pele, ou outros agentes químicos, físicos ou biológicos, potencialmente cancerígenos, como radiação. Se não for possível evitar, use as medidas de proteção adequadas.


Faça exames preventivos


O check-up anual é fundamental para manter a saúde e prevenir o câncer e outras doenças. Sempre reforçamos a importância do diagnóstico precoce. Afinal, como você já sabe, a grande maioria dos casos é descoberta nas consultas e exames de rotina.

Se você está preocupado com os fatores de risco para o desenvolvimento do câncer, acaba de conhecer um conjunto de medidas que podem ajudar na prevenção. Agora, é só colocar na prática e ajudar a esclarecer outros amigos e familiares.



FONTE:

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo