Buscar

Respiração consciente: como incluir a prática no dia a dia


Controlar a maneira como respiramos pode ajudar a prevenir doenças físicas, emocionais e mentais


A respiração, apesar de ser um ato natural e automático, pode ser realizada de forma estratégica para melhorar o funcionamento de diversas áreas do corpo. Controlar a saída do ar de forma consciente faz com que possamos nos conectar melhor com o momento presente, entendendo nossos sentimentos e pensamentos com clareza.


Essa prática pode ser incluída em diferentes momentos do dia: ao acordar, no banho, antes de dormir e até mesmo durante uma jornada no transporte público. A única ferramenta necessária para essa atividade é o próprio corpo, tornando esse processo algo fácil e acessível para todas as pessoas.


Benefícios da respiração consciente


Dedicar alguns minutos do dia para focar na respiração traz uma série de benefícios. A psicóloga Márcia Dolores Resende explica que, quando respiramos e pausamos para nos alimentarmos, por exemplo, podemos sentir o sabor e a textura do alimento com mais clareza, diminuindo um desencaixe que é responsável por vários distúrbios alimentares.


  • Ajuda a tomar decisões: a respiração traz mais agilidade e foco, portanto, ativa a criatividade, sensibilidade, visão de alternativas e confiança para decidir e agir

  • Conexão consigo mesmo: a respiração causa uma conexão interna que faz com que as pessoas, no contexto profissional e pessoal, estejam inteiras e mais conscientes em relação às escolhas, responsabilidades, liberdade e poder interno;

  • Auxilia no tratamento de alguns transtornos mentais: a psicóloga explica que alguns problemas, como depressão, ansiedade, insatisfação constante, culpa, dependência e a síndrome do controle, podem surgir como fruto da desconexão. "Dessa forma, a respiração é um pilar simples para trazer a alma para o corpo e o corpo para o coração", conta;

  • Visão estratégica: a respiração pode fomentar uma visão para decidir sem agir no automático, fornecendo um tempo para pensarmos com mais clareza, sem pressa e de maneira mais clara.

Colocar esse ato em prática requer dedicação, fazendo com que o hábito se torne parte da rotina e não seja deixado de lado com a correria do dia a dia. Apesar de ser melhor usufruída quando feita isoladamente, a respiração consciente também pode ser realizada simultaneamente com outras atividades.


Para quem vai iniciar essa atividade pela primeira vez, a fonoaudióloga Cristiane Romano dá a dica de começar pela manhã. "Colocar o despertador como lembrete na parte da manhã e tirar um tempo antes de começar as atividades diárias, mesmo que apenas 5 minutos, possibilitará que a respiração consciente te leve à atenção plena", conta.


Outra forma indicada pela especialista de incluir essa prática no dia a dia é através de um cronômetro. Marcar o tempo de um minuto no relógio e ir contando os números enquanto respira é uma forma de identificar quantas respirações por minuto você consegue realizar de forma consciente.



Fonte

  • Instagram

Criado orgulhosamente pela Incomum Comunicação

Receba a nossa newsletter